Eu Relacionamento Todavia Vocação

Ney adulto, Moicano, Julliet e JBL: Amadurecemos?

agosto 19, 2020

Ney adulto, Moicano, Julliet e JBL: Amadurecemos?

Talvez – por meio de uma relapsa primeira vista – você ache esse post um tanto quanto forçado. Se você ler até o fim, talvez mude de ideia ou talvez não. Mas depois de algum tempo sem assistir à Champions League (Maior Campeonato de Futebol de Clubes Europeus), gostei muito do que vi no último dia 12 com o Ney adulto em campo.

Ney e o Blog Todavia tá On, hein?

Faça mesmo quando não é notado

Se você já acompanha este blog, deve ter percebido que estávamos um pouco off por aqui. A pergunta que fica é: amadurecemos? A verdade é que nesse tempo tivemos Workshops entre os escritores, lemos juntos o livro ‘Reformai a vossa mente’, aumentamos os vínculos e reordenamos mais nossa rota.

O amadurecimento independe se ‘tais treinos’ estão com portões fechados ou não, ou se a grande mídia se faz presente. Mesmo sem plateia ou espectadores, o isolamento social da pandemia nos fez externar nossas intenções mais profundas, quando pouca gente nos vê de verdade.

É inegável que as redes sociais nos dão uma rica oportunidade de expandir nosso ‘networking’ ou ainda nossa maneira de apresentar nosso trabalho. Contudo, elas não podem nos ludibriar. Se tudo que você vive é o que você posta, você se tornou nível raso. Porque é impossível representar ali de forma total nossa realidade. A saída disso é fazer/viver mesmo quando não for notado, ou melhor, ‘postado’. A verdade é que tudo que o ser humano plantar colherá (Gálatas 6.7). Deus sempre nos vê.

Assim, queremos te dizer que o Blog Todavia tá on, hein?! (risos).

Ney adulto: O Fator Maturidade

A mídia e torcedores têm comemorado o desempenho do Ney e suas novas atitudes

Cada fase da vida tem sua dose de maturidade. Como registrou a cantora Isadora Pompeo em uma de suas músicas mais recentes, “maturidade não tem idade”. O Davi, filho do Ney, nos prova isso em alguns de seus vídeos (risos).

Podemos dizer que outro Davi experimentou bem isso (1 Samuel 17.34). Desde muito cedo, se destacava por seus desafios e processos diários.
O ‘pastorzinho de ovelhas’ tinha que pôr em prática todo dia muita força e disciplina, a fim de enfrentar leões e ursos que tentavam atacar o rebanho de seu pai.
Para quem acompanha, ainda que de longe, a trajetória esportiva do menino da Vila Ney, sabe que ele começou essa vida do futebol muito cedo, que ela não foi só de acertos e que ainda há muito a se acertar, já que existe muito chão pela frente aos nascidos na década de 90.
O fato é que você vai precisar relevar a imprecisão de alguma consideração deste post, devido ao distanciamento desta escritora do ‘objeto de estudo’ em questão.

Ney e Julliet: Volte a velhos hábitos simples

Julliet é a marca de óculos de sol que o Ney usava assim que começou sua carreira no Santos.

Escrever para um blog de minha Igreja Local é o que estou voltando a fazer agora, numa madrugada de quinta-feira. Pode até parecer simples colocar letras e ideias na tela de um computador desgastado. Contudo, isso me fez chegar até você agora (Olha que massa). Engatinhar no meio acadêmico e retomar atividades físicas regulares estão na minha nova/velha lista também.

Sei que o público desse texto será majoritariamente jovem. Então, nesse mês da Juventude, nos cabem aqui alguns outros conselhos.

Preparando bem a caixinha JBL

JBL é uma marca de caixa de som portátil bastante difundida no Brasil.

De forma metafórica, aumente o som de quem pode te dar bons conselhos, e te colocar pra cima, mas não mute os demais. Diga não à Política do Cancelamento! Silenciar o que te contraria é arriscado. Pode te fazer perder a sensibilidade ao que não estás sendo assertivo. Nem todo mundo consegue expressar a verdade de forma amorosa. Assim, você pode perder pepitas de ouro ao descartar pedras que contra você são jogadas. Recolha, lapide, penere. Certamente, o Neymar precisou para pra ouvir quem tinha bons conselhos e críticas para sua carreira. Sendo assim, como o Ney, prepare a caixinha – e digo mais – da melhor forma possível, escolhendo a ‘playlist’ certa.

Ney de Moicano

Moicano é o corte de cabelo usado por Neymar assim que despontou na baixada santista.

Muito se diz que é preciso evitar comparações. De certo modo, sim. Mas aqui pretendo te fazer enxergá-las de outro modo. Então o conselho presente é: Faça comparações! Faça muitas (Aqui a rede social entra como uma boa ferramenta). A maturidade também nos dá a exata ciência de onde estamos agora, onde as pessoas ao nosso redor estão e aonde queremos chegar. Livre-se do vitimismo!

Primeiramente, é preciso olhar pra trás com integridade. Compare seu presente com o seu passado. O que o Ney de 2020 tinha perdido daquele Ney de Moicano? A alternativa a isso é o vitimismo, que sem filtros costuma encher as pessoas de culpa, paralisando-as. Com outras lentes, a maturidade nos faz enxergar o passado e perceber exatamente onde erramos ou acertamos, repertir os prós e eliminar todos pontos negativos possíveis. Muito se diz que o Ney parou de ser “cai-cai”(em busca das faltas) e passou a preencher o que lhe faltava mais no campo.

Em segundo lugar, livre-se da inveja. Isso mesmo!

Ney adulto

Não é fácil estar em paridade com Lewandowski, Messi e Cristiano Ronaldo. Mas, ver alguém que está à sua frente no momento – ou em certo sentido, fora do seu alcance – é capaz de nos gerar reações diversas.

A primeira reação pode acontecer porque a comparação se encobriu de orgulho: ou você se superestimou (“não preciso chegar tão longe”) ou se subestimou (“não consigo chegar tão longe”). No primeiro caso, aparentar-se como quem sempre está ditando moda e criando a roda é sinal de que você não entendeu nada da vida ainda. Às vezes nos é necessário ‘baixar a bola’, ‘pegar o banco de reserva’ e aprender com a história de outros. Na verdade, não vai ser um moicano como o do Ney que vai te fazer chegar a algum lugar, isso é detalhe.

A segunda se dá quando você transforma a comparação em inspiração. Deve ser por isso que Paulo incentivava seus seguidores a lhe imitarem, já que ele por sua vez buscava ser igual a Cristo, seu Senhor e Salvador, exemplo por excelência (1 Coríntios 11.1). Deve ser por isso que se diz que o Messi só chegou onde chegou por causa do Cristiano, e vice-versa. Faz total sentido mesmo! Tornemo-nos assim exemplo aos outros também. A vida pelo nosso próximo também nos gera muitas alegrias.

Novo Normal?

Enfim, nesses dias tão complexos, o Novo Ney me fez parar pra pensar, voltar a assistir à Champions League e retirar algumas lições práticas para minha própria vida. Espero que (assim como parece estar sendo o Novo Normal do Ney) o meu e o seu – caro leitor – também seja diferente.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *